Pernas inchadas no Carnaval

Atualizado: Abr 24





Carnaval se foi. Muita diversão. Dança o máximo que o corpo consegue. Salto alto pra ficar


bonita. Dia todo de pé. Esquece de se hidratar. Toma bebida alcoólica. Não se alimenta direito. E ao final: pernas inchadas e cansadas.


E agora, angiologista? Vamos conversar sobre isso?





Primeiro: Por que as pernas incham?


Qualquer pessoa com a circulação nos trinks e que se submeta a passar o dia todo de pé, mesmo que se mexendo, 6-7 horas, pode desenvolver sintomas de inchaço e dores nas pernas.


Isso porque a fadiga muscular com o uso prolongado dos músculos das pernas prejudica o bombeamento muscular, que é um dos mecanismos para a circulação de retorno, que vai ficando progressivamente pior ao longo do dia.


Além disso, a má alimentação que se costuma ter com esses períodos de festa, com excesso de sal e gordura e alimentos pró-inflamatórios, a falta de hidratação e o abuso do álcool predispõem a retenção de líquido por sobrecarregar o sistema linfático.


Agora, se você já tem problema de linfedema ou de varizes, os sintomas são muito piores para você.


O que fazer para amenizar esse inchaço?


Primeira dica - Dê um repouso para suas pernas! Nesses dias após o carnaval evite de passar muito tempo de pé. Eleve as pernas no tempo que estiver tranquilo. Evite salto alto ou sapatos desconfortáveis.


Segunda dica - Drenagem linfática - manual ou com compressão pneumática ajudam na drenagem dos fluidos e eliminação de toxinas pelo organismo


Terceira dica - Alimentação - tudo bem que essa era uma orientação para ser feita durante o carnaval, mas já que passou, vamos melhorar a alimentação agora. Exemplos de alimentos que reduzem o inchaço? Cúrcuma, açaí, uva. E mais: dê um tempo no álcool.


Quarta dica - Meias compressivas - nesse caso, que a prevenção não é mais o objetivo, a prescrição da meia compressiva é melhor feita por angiologista.


Quinta e última dica - Procurar um angiologista para ver se seu caso precisa de tratamento mais específico, pois essas crises de inchaço podem representar apenas a ponta do iceberg de outra doença, como linfedema ou insuficiência venosa.


Espero ter ajudado com essas dicas e, pra o próximo carnaval, vamos deixar o bloco das pernas inchadas vazio e poder se divertir sem preocupação com doenças circulatórias.










Dra Karolina Frauzino é Cirurgiã Vascular com Título de Especialista em Cirurgia Vascular pela Sociedade de Angiologia e Cirurgia Vascular





Acompanhe-nos nas redes sociais:

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

© 2018 por Angius

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 08:00 - 18:00

Endereço:

SHIS QI 9, Conjunto 18, Sala 307. Centro Clínico do Lago. Lago Sul, Brasília-DF

 

Mapa: